sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

FELIZ SOLSTÍCIO DE INVERNO


FELIZ SOLSTÍCIO INVERNO
(Natali Solis Invictu)

Câmara Municipal de Pacoti está de parabéns pelas homenagens aos seus cidadãos ilustres, pela ampliação, o cuidado que tomará com o seu arquivo e por manter o jornalzinho informativo que já existia.

Mas, sendo eu o 1º homem HISTORIADOR de Pacoti e Idealizador e Criador do 1º Arquivo Público do Interior do Nordeste; o Arquivo Municipal José Audísio de Sousa,  tenho que desfazer o pequeno equívoco impresso no jornalzinho da Câmara de Pacoti. 

Nós não temos mais Arquivo Público em Pacoti, por que fora fechado em 2010. Eu mesmo noticiei isto, mas, é uma boa deixa para que os vereadores o reabram, uma vez que este arquivo fez Pacoti ganhar repercussão nacional por ser um feito reconhecido em Brasília e por ainda servir de inspiração para que outras cidades do Interior do Nordeste tenham criado seus próprios Arquivos Públicos e para que o próprio Governo do Estado do Ceará tenha prometido abrir 20 Arquivos Públicos pelo interior, com um sistema de Arquivos Públicos ainda por vir.

Pois bem, que o Arquivo Público de Pacoti seja restaurado. Esse é o pedido de Natal e Ano Novo desse HISTORIADOR de Pacoti, filho da outra única e primeira HISTORIADORA de Pacoti, a qual foi homenageada ontem por ser a primeira Mulher Escritora de Pacoti; Rosimar Brito, que, por sinal, também me ajudou a elaborar o projeto de lei que defendi na Câmara Municipal de Pacoti, que fora aprovado por todos os vereadores na época.

Um bom Natal e um próspero Ano Novo. Um feliz solstício de Inverno!

Aproveito aqui também o ensejo para parabenizar a Prefeitura por trazer cantor de tão grande voz da Orquestra Filarmônica do Ceará juntamente com a Orquestra Filarmônica de Crianças do Ceará situada em Redenção através de uma associação cultural que ensina 45 crianças. Parabéns também ao Município de Redenção pelo belo trabalho.

Como diria o ilustre Arthur da Távola: "Música é vida interior. E quem tem vida interior, jamais padecerá de solidão.

AROLDO FILHO
(Amadeu Nuvem/Ateu Poeta)
O HISTORIADOR DE PACOTI
HISTORIADOR, Poeta, Blogueiro, Professor e Jornalista Independente
Presidente e Criador do Jornal Delfos-CE
Criador do 1º Arquivo Público do Interior do Nordeste
SÓCIO DO INSTITUO DESENVOLVER
Pacoti-Ceará-21/12/2012

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

ESTÁ PRESO O BISPO DIJANIO: CHEVE DA QUADRILHA LIGA DA JUSTIÇA



Foram presos 11 integrantes da quadrilha "LIGA DA JUSTIÇA", que atuava em Campo Grande, Cosmos, Inhoaíba, Paciência e Santíssimo. A milícia "LIGA DA JUSTIÇA" era comandada por ex-políticos, como os irmãos Jerônimo Guimarães, o Jerominho, e Natalino Guimarães, e o ex-PM Ricardo Teixeira da Cruz, o Batman, todos presos.

ATEU POETA
HISTORIADOR

Saiba mais: http://jornalherege.blogspot.com.br/2012/12/esta-preso-o-bispo-dijanio-cheve-da.html

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

ENTREVISTA COM GCM



Ateu Poeta entrevista GCM. 

AP:_Você foi expulso de um colégio por ser ateu. Conte como foi.

GCM:   Comecei a ser ateu muito cedo, isso se passou na quarta série. Mudei para um colégio público por problemas financeiros na época, a minha professora era uma mulher de ''mente fechada'', uns 40 anos de idade. Tinha o costume de ordenar que os alunos rezassem no início da aula, como nunca fui muito tímido, a confrontei na primeira oportunidade

Disse que eu não acreditava que um deus poderia existir (na época era muito novo, não conhecia a palavra ateísmo ainda). Logo, alguns bons minutos de discussão, ela me tirou da sala e ameaçou de ''me marcar'' durante o ano se eu continuasse com essa ideia. Não mudei de opinião, e fui levado a o diretor, repeti as mesmas palavras lá.

Meus pais foram chamados a escola, o diretor que era padre, também, estava inconformado. Chegou a dizer que eu precisava urgentemente ir a igreja. Depois de uma longa discussão com os meus pais, fui liberado a voltar a aula, 3 dias depois

Passaram-se 2 meses, a professora me incomodava, me usava como exemplo para tudo e fazia piadinhas na sala sobre eu não acreditar em DeusUm dia, levantei e saí da sala, sem dar avisos. A professora foi atrás de mim, ameaçou de me dar um tapa, na época usei alguns palavrões, tentei fugir da escola, porém fui segurado. Meus pais vieram a escola, e depois de 2 horas de discussão sem a minha participação, minha mãe veio chorando a o meu encontro, dizendo que eu não precisaria mais vir a aula.

Isso foi no final do ano, eu já tinha nota para passar, por isso não perdi nada. Tempo depois, quando tinha idade pra entender, me contaram que eu fui expulso, e que meus pais procuraram a prefeitura para conversar sobre o caso. Já haviam 2 pais processando a professora e o diretor por outros motivos, e fomos aconselhados a não entrar na justiça. E assim fizemos.

A história em si, é isso.

AP: Na prática ela cometeu um crime, e não foi feito nada. Hoje chamariam também de bulling. 

GCM: Na época esse conceito ainda não existia no Brasil

AP: Seus pais, se tivessem orientação correta, poderiam processar a escola em si, além da própria professora. Mas, a professora, hoje continua lecionando?

GCM:Eu me mudei de cidade, não sei a o certo
mas no momento que eu me mudei, 2 anos atrás
ela ainda continuava dando aulas.

AP: A primeira entrevista que fiz foi com um ateu. Expulso de um colégio por seu ateísmo.

GCM: Caso parecido com o meu?


Ele que me deu a ideia de fazer entrevistas, inclusive.

GCM: Tô lendo, parece legal.

AP: Ele ganhou 15 mil da escola.

GCM: Terminei, ridículo a atitude de ''onde meus alunos vão chegar com um professor ateu?''
eu teria respondido ''muito mais longe''

AP: Com certeza. Dos poucos ateus que existem se destacam dentre as maiores mentes da humanidade.

GCM: Sim.

AP: Sem ir longe, o criador do Facebook e o Bill Gates estão dentre os mais ricos. Você admira algum ateu? E por quê?

GCM: Então, em particular, não, eu procuro pensar por mim mesmo. Não tenho uma ''admiração'' muito grande por ninguém em especial. Respeito todos, claro; são grandes mentes, mas, como virei ateu por conta própria, sem nem mesmo influência de amigos ou pais, nunca criei admiração por nenhum nome em especial.

AP: Como foi o seu processo de virar ateu? Como descobriu que não existia Deus?

GCM: Quando criança, minha família tinha o costume de ver documentários em casa nada relacionado a religião, apenas documentários científicos eu comecei a gostar realmente de ciência, e ter uma explicação ótima para as  coisas que eu procurava saber. Logo, no mesmo tempo, me apresentaram a religião que, ao contrário do que eu era acostumado, não me dava uma certeza de como as coisas funcionavam. E, de cara, eu não aceitei.

AP: Muito precoce, então, mas, posso dizer, então, que a TV ajudou nesse processo?
Você era de ler muito também?

GCM: Sim, quando comecei a gostar de ciência li muitos livros mais infantis que achava interessante na época, eu devia ter uns 10 anos um que eu lembro era uma série que o nome era ''como o mundo funciona?'' São coisas pequenas, mas que me ajudaram muito a ter paixão por informação que fez eu realmente virar ateu.

AP:Assistia "o mundo de Beakman"?

GCM: Já assisti, claro.

AP:É como se você nunca tivesse sido religioso, então?

GCM: É, mais ou menos isso.

AP: Pra fechar: deixe um recado para as pessoas que não sabem o que é ateísmo.

GCM: Não tenha medo de se tornar livre.

ATEU POETA
O HISTORIADOR DE PACOTI
Ceará-Paraná via Facebook 

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

O MACIÇO DE BATURITÉ PRECISA DE MAIOR POLICIAMENTO URGENTE



http://colunadiamante.blogspot.com.br/2012/11/o-macico-de-baturite-precisa-de-maior.html

O MACIÇO DE BATURITÉ PRECISA DE MAIOR POLICIAMENTO URGENTE

O maciço de Baturité precisa urgentemente de reforço policial por que do modo que vem ocorrendo tantos assaltos, a tendência é a situação piorar.Quanto mais o bandido encontrar facilidade de assaltar e fugir ileso mais a bandidagem vai continuar aumentando.

Parece que os nossos governantes estão mortos; por que não tomam nenhuma atitude!
Até quando essa situação absurda vai continuar?  Assassinato, assalto, roubo de moto, incêndios de carro e florestais, até quando os governantes vão ficar sem fazer nada?

A violência vai virando banal. Como numa marchinha de carnaval, todo mundo dança e finge que tudo vai às mil maravilhas. Precisamos de maior reforço policial se quisermos que o caos não aumente.

Mais policiamento agora! Não podemos deixar que a bandidagem tome conta da nossa terra!

AROLDO FILHO
O HISTORIADOR DE PACOTI
21/11/2012

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

FUNK



FUNK

O que é importante não é charme nem funk
Ou dançar bonito
Mas prender o traficante
Segurança e saúde da favela ao asfalto

É preciso ficha limpa
Da câmara ao planalto
Política não acontece a cada quatro anos
Mas o tempo todo

Por debaixo dos panos
É preciso cortar a reeleição
Dependência partidária e voto de legenda
Fazer a diferença é muito relevante

Tire a venda e seja a revolução
O Brasil não está à venda, lute por educação

ATEU POETA
HISTORIADOR
08/11/2012

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

ABISMO


ABISMO

Felicidade é combate
Aniquilar excesso e escassez
Rio perene que não transborda
Prazer é satisfazer o instinto

Soltar a fera de vez
A borda da loucura é a privação
Abala as estruturas da razão
Deságua em constante tristeza

O homem é um animal extinto
Preso em sua própria fortaleza
A incerteza é o caminho
Doce vício de viver

Cruza os braços para o abismo de quem não quer saber
A morte é fomentada pelo terror da mentira

ATEU POETA
01/11/2012

sábado, 27 de outubro de 2012

SENHORA DO CAOS



SENHORA DO CAOS

A vida real não tem trilha sonora
Teus olhos, duas bolas que prendem meu coração
Gaiola das minhas asas
Abrasas sem dar calor

Se esvai em vapor
A pouca razão da minha trajetória
Fascinação peremptória
História longínqua

À míngua, eis um poeta em solidão
À deriva nesse mar de ilusão
Abraçado à imagem
Perdido, à margem do mundo

À sombra da tua aurora
És senhora do caos profundo

ATEU POETA
27/10/2012

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

AUDAZ


AUDAZ

A desilusão é o único caminho
O labirinto paradoxal não é seguro
Vais em busca de ar puro
O progresso pôs água podre em tua porta

Os moinhos não ventam mais
Nem espada de samurais portas
Por que matar o dragão
Se nenhum Jorge fora capaz?

Sejas tu o teu próprio senhor e capataz
De peito aberto para o deserto que vier
De certo, um ser audaz há de prosperar
Se for eficaz

Dominas cógitos e códigos
Que ganharás o mundo de am passant

Ateu Poeta
Pacoti-Ceará
24/10/2012

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

CRIPTA



CRIPTA

É a literatura que poetiza a vida
O mundo fica mais surreal do que deveria
Na fantasia sobrepujamos as dores
Sendo autores de nossa própria estrutura

Nada faz sonhar tanto
Canto que nos faz viajar
Em mil mares a pena se consagra
Herói de mil sagas

Arsene e Odisseu
Sigurd e Orfeu
Chorando a morte de Eurídice
Ou dominando o templo de Zeus

A tudo no transubstancia a letra bem escrita
Livro é leve cripta de evolução mental

AROLDO FILHO

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

MORTE AO ESCORPIÃO

MORTE AO ESCORPIÃO

O poder da inveja não substitui a criação 
O cabo da espada leva paz ao porão 
O portão da guerra está aberto 
Gladiador sem rumo certo mata escorpião 

Não pode ser herói quem não tem coração 
Chantagem e superstição se encerra no maciço 
Cortiço nunca foi mansão 
Viva a serra do Evaristo

Capoeira quilombola 
Minha tribo foi embora 
Qual a sua direção? 
Toda erva daninha deve ser arrancada 

A História errada sempre flutua 
Mas a raiz da verdade continua arraigada 

AROLDO FILHO 
18/09/2012 

CHUVA DE CANIVETE 

Sua cara de susto não me assusta 
Nem choro com suas lágrimas de crocodilo 
Do Brasil ao rio Nilo sempre houve ludibriador 
Mas quem pensa não tem senhor 

E tem horror a quem plagia 
Não me encanta o seu canto de agonia 
A euforia brinda ao seu terror 
O céu não está a seu favor 

Hoje é dia de chover canivete 
No seu riso de pivete jogo sete tempestades 
Sei que a insanidade lhe corrói 
Por que a verdade dói até no couro mais duro 

Mesmo em dia de festa se atesta a ganância 
Ingratidão e arrogância são o seu porto seguro 

AROLDO FILHO 
18/09/2012 

ANTIVÍRUS 

Um antídoto para todo parasita há de ser criado 
Antivírus instalado 
Restaurar sistema 
Da estalagem às galáxias o hidrogênio reverbera 

Poesia é a minha primavera 
O que é vero deve ser cultivado 
Vaidade é um frágil camafeu 
Dilema da mocidade 

O lobo de Loki anuncia o fim do mundo 
Prenúncio no lirismo de Orfeu 
Luta sem troféu não vale o brio da mortalha 
Nem véu da canção mais rara livra do quartel 

A liberdade do poeta mora nos livros 
Lá é que vivo os aforismos de Gardel 

AROLDO FILHO 
18/09/2012 

VAMPIROS DE SOL 

Cuidado com o inimigo à espreita 
De onde menos se espera surge a navalha 
Nem todo aquele à tua direita estará contigo sempre 
A esquerda também é falha 

Vampiros de sol atiram fogo pela boca 
Hoje os lobos usam anzol 
Caçam ao meio-dia 
A luz da lua é mito 

Cada grito e uivo ecoa 
A caça vira algoz 
Com mosquete feroz em punho 
Não há dente que pare a espada 

Nem lã que dê eterno abrigo 
O orgulho ferido fomenta a armada 

AROLDO FILHO 
18/09/2012 

PARASITA 

O deserto do peito é um vácuo necessário 
Chega a ser hilário esse evento rarefeito 
Leito de veludo para espantalho é desperdício 
Atalho para vão sacrifício 

O defeito é ócio do ofício 
Tão arisco o cão que era dócil 
A fera fere a mão do dono 
O abandono tomou seu lugar 

Civilização é uma selva artificial 
Lar também é relva 
Todo mundo quer voar 
O problema é o parasita grudar na asa 

Parada para profilaxia 
Nada de ânsia inesperada 

AROLDO FILHO 
18/09/2012 

ESCURIDÃO ETERNA 

Nas pedras do caminho fiz morada 
Em cada jornada me perdi 
Esqueço a estrada para ver constelações 
Quem conta estrelas nunca estará sozinho 

O universo é linda aquarela 
Orquestra sem maestro nem prima-donna 
A pluma canta à foz da ribalta 
Com sua alta voz soprano 

Chopin ao piano sublima a vida 
Saio da caverna para ver o arrebol 
Mas o nascer do sol também é ilusão 
Que Platão não filosofou 

Com o fatalismo de Nietzsche 
Por mais que clareie, um dia voltaremos à eterna escuridão 

AROLDO FILHO 
18/09/2012

sábado, 1 de setembro de 2012

SÍNTESE DO INEXPLICÁVEL



SÍNTESE DO INEXPLICÁVEL

Teu sorriso ofusca estrelas de hidrogênio
Falta oxigênio nessa natural arritmia
O mundo mudo muda, guria
Tudo vira poesia

Fantasia de um sonho profundo
Brilha o sol de mil sinfonias no abismo do teu olhar
Onde aforismos viram disparates
Onda de encanto sublime disparastes

O céu se perde em tua haste
Teu regaço é laço de arte em maestria
Fulgor, furor e fantasia
Filamentos viram frenesi

O âmago amargo se debate nas sinapses
És síntese do inexplicável

AROLDO FILHO
01/09/2012

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

ONDA HISTÓRICA


ONDA HISTÓRICA

História
É preciso vivê-la
Reescrevê-la
Fazê-la mudar

Quem preza a memória, zela
Seja sua própria represa
Ser cidadão é honrar o chão em que nasceu
Fomentar o crescimento onde todos desistiram

Plantar consciência e transparência eficaz
Criar, agir e sonhar
Na carência ser capaz de superar
Das mazelas da vida fazer aquarela

Ser onda
Quando todos se deixam arrastar

AROLDO FILHO
23/08/2012 

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

FRANCO-ATIRADOR


FRANCO-ATIRADOR

É preciso se reinventar a cada dia para permanecer original
Fugir do chacal ou tornar-se caçador
Matar os leões da arena
Colher açucena na tempestade

Ser águia e franco-atirador
Prender-se na solidão da liberdade
Perde-se na multidão para se encontrar
Criar asas de cera

Quebrar o sol do rosto
Envolver-se no sorriso do arrebol
Negar o que é imposto
Apostar na criatividade

Manter-se vivo no crivo da razão
E amanhã o que será?

AROLDO FILHO
5:13
06/08/2012

quinta-feira, 19 de julho de 2012

ASAS SIDERAIS



ASAS SIDERAIS

Não corte minhas asas
Voar é a minha razão
Meu mundo é o espaço sideral
Em cada estrela e constelação

O chão é profundo abismo
Triste aforismo de perpétua prisão
Quero prisma ao invés da caverna de Platão
Iludir-me com ouro de tolo já não traz satisfação

O sonho mais alto é a meta que traço
Laço sem qualquer consternação
Liberdade é a vida em palimpsesto
O carpe diem passado a limpo

Onde o traço do verso se aprimora
É lá que mora o meu coração

ATEU POETA
1:00
20/07/2012

quarta-feira, 18 de julho de 2012

PORTO À DERIVA



PORTO À DERIVA

Teu olhar ludibria a brisa mais tênue da razão
No minuto em que some a multidão
Anestesia a dor da solidão
És fantasia dos meus sonhos mais profundos

A mais linda poesia de poeira cósmica na explosão da supernova
Maresia de mil mundos
Holocausto na foz do sistema límbico
Terremoto do lóbulo temporal

Aparelho que deixa o parietal em parafuso
Curas e causas arritmias
Teu abraço traz paz enluarada
Teu corpo é porto à deriva

Em teu rosto minha mente faz morada
Incerta jornada no mar da fascinação

ATEU POETA
5:2
18/7/2012

sábado, 14 de julho de 2012

O GOLPE DA ANTOLOGIA



 Em 2011 esse sujeito conhecido como PAULINHO DHI ANDRADE, que deve se chamar na verdade PAULO CÉSAR BOMFIM até onde sei fez uma proposta na comunidade NOVA ORDEM DA POESIA, no Orkut, tinha inclusive um site de uma tal "EDITORA MADRE", que não se encontra mais no ar através do qual ainda fez um concurso entre nós, a época 37 poetas, de vários Estados do Brasil. 

De lá pra cá deu números de conta, uma dele e outra de uma suposta GRAFISSET, que, segundo ele, se recusa a devolver o dinheiro depois que o Paul Bomfim dexistiu de fazer a tal Antologia Poética, a qual fui convidado a participar por depoimento e trocamos e-mails, onde enviei poemas e fiz o depósito de 70 reais na conta da Grafisset. Muitos poetas pagaram mais de 70, deram 100, 200 reais, ou até mais para que o número de livros fosse aumentado.

O acordo inicial seria o Paulo Bomfim dar metade do dinheiro à Editora e a gente a outra metade, e cada um receberia de 3 a 10 livros, no meu caso particular seria 10, e o número de poesias seria o mesmo número de livros que cada um receberia. A gente venderia os livros e a metade do lucro seria novamente depositado na conta do Paulo ou da Grafisset para pagar o que ele gastaria.

Um detalhe deve ser lembrado, ele pediu que adiantássemos mais dinheiro mesmo quando já não criamos mais no andamento da antologia. Ele começou a dar desculpas de até amigos seus que tinham morrido, pelo menos uns 3 e de que ficara desempregado e tantas outras coisas e começou a falar no meio de um outros projetos de chamados "MULHERES NUAS" e "HOMENS APAIXONADOS" e usou como desculpa que  lançamento do livro seria junto com o lançamento desses outros projetos em São Paulo e começou a convidar os 37 poetas para ir.

Acontece que até o local que ele tinha conseguido já não estaria mais disponível e ele teria que arranjar patrocínio agora. Mas, o pior é que tudo acontecia ao mesmo tempo, até um tal de ALESSANDRO em que ele vem falando muito teria ficado doente quando o Paulo supostamente iria falar com ele e depois era o Paulo que ficaria doente, ora gripado, ora deprimido pelas mortes desses amigos, ora o tal Alessandro nunca estava na tal gráfica, de modo que em um ano não conseguiam mais se encontrar.

Após um ano nessa enrolação fica mais do que claro que isso foi um golpe, O GOLPE DA ANTOLOGIA, em que o sujeito brincou com o sonho de vários poetas amadores de publicar um livro e ainda se faz de vítima quando todos nós cobramos, chegando a dizer que isso até ASSÉDIO MORAL era quando dei o ultimato de processá-lo por estelionato, danos morais, danos pessoais, 171 e uso de má fé. 

Não é justo que esse sujeito de má-fé saia impune. Este historiador que voz escreve o faz para que esse caso não se repita mais com ninguém. E que a notícia se espalhe pelo mundo para que esse tal PAULINHO DHI ANDRADE OU PAULO BOMFIM nunca mais repita a dose de ficar com dinheiro de ninguém.

AROLDO FILHO
Historiador cearense criador do 1° Aquivo Público do interior do Nordeste, Arquivo Municipal José Audízio de Sousa. Criador do Jornal Delfos-CE. Sócio do Instituto Desenvolver. Criador da Associação Cultural SEMPRE. Criador da exposição histórica Pacoy: uma HISTÓRIA em documentos.
15/07/2012

terça-feira, 10 de julho de 2012

VALKÍRIA


VALKÍRIA

Verve é o verde dos teus olhos de maré
Em tua boca mora céu de Júlio Verne
E o inferno de Dante que me aquece
Mulher: mais perigoso jogo de Nietzsche

Brinquedo na estante de Afrodite
Segredo da natureza no desiderato instante de frenesi
Razão inconstante da evolução darwinista
Poesia da vida sob a pena simbolista de Florbela

Estrela de Cecília em noite de aquarela
Carisma em beleza, guarida e afã
Paz em caos, impossível não querê-la
Aventura de querela e mar de avelã

Estação paisagista na ópera de Wagner
Valkíria do Valhala, faz da Terra rara fantasia

ATEU POETA
3:34
10/07/201

sexta-feira, 6 de julho de 2012

FERA À SOLTA



FERA À SOLTA

A longa espera é quimera em meu coração
Nessa esfera azul e infinda
A flor mais linda reverbera na primavera do teu olhar
A virtualidade é lugar que alitera

A poesia é fera em mim que se solta
Pelo universo à solta
Dá a volta nas galáxias
Supera qualquer reviravolta

A ópera de Vivaldi transcende a Via Láctea
Matemática sonora que opera a mente mais insone
Teu corpo é canção de notas surreais
Frisson de amálgama em cada filamento neural

Tudo fica inverso
Nem sei mais o que é verdade e o que é verso

ATEU POETA
3:38
06/07/2012

quinta-feira, 28 de junho de 2012

BONECAS DE PORCELANA




BONECAS DE PORCELANA

 Os falsos inventam motivos para te criticar
 Por que são infelizes
 E por isso querem o teu lugar
 Fingem-se de amigos

 Dizem estar ofendidos pelas menores coisas
 Doem-se de dores insanas
 Bonecas de porcelana
 Querem te derrubar

 Roubam-te as ideias
 São frias e feitas de ingratidão
 Inveja e transtorno movem seus corações
 Mil razões irracionais

 Mudam discursos e ideais
 E ladram feito cães
ATEU POETA
1:46
29/06/2012

quarta-feira, 13 de junho de 2012

I[A]I


  
I[A]I

A
III
I[A]I
I[I]I
x<[I]>x
x[x]x
--]-<A>-[--
- - ] - < A > - [ - -
^A^

ATEU POETA
11:46
13/06/2012
Significação: A= ateísmo. III= Grades. []= caixão. <> e ^^= espadas. X= grade em processo de partição. --= grade partida. ][= caixão aberto partido ao meio.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

ÁTOMO



ÁTOMO

A vida não é movimento
Por que, de fato, nada para
E é coisa tão rara aquela que não está morta
Não há nenhuma porta

Para nenhum paraíso
Nenhum inferno
Tudo é eterno, mas só em essência
Tuas carências sanadas ou não, morrerás

Por que és mero defeito
Nada jamais será perfeito
Ou não seria real
E o movimento acabaria

Nem teria começado este momento
Não voltarás para o pó, mas para o átomo

ATEU POETA
6:51
11/06/2012

domingo, 10 de junho de 2012

ODE À MELODIA



ODE À MELODIA

O que é a música?
Essa coisa tão mágica que fascina
Faz dançar o velho e a menina
Entristece e anima a cada esquina

Ao poeta emudece
Dá vida ao coração das pedras
Derruba reinos
Levanta o mar

Cria a ilusão de amar
Doce sedução
Maresia
Suaviza o meio-dia

Embeleza a noite com maestria
Senhora da mais nobre fantasia

ATEU POETA
6:23
10/06/2012

quinta-feira, 24 de maio de 2012

MATILHA DELTA




MATILHA DELTA

Antônio Pantoja
Uma Cachoeira inaudível
12 milhões em corrupção
Lobos e lobistas trajados de calada matina

Comissão sob Inquérito no Parlamento
A Ficha Limpa cria rugas
Investidura de tartaruga
Mesada vai e vem

Fernando Cavendish
Deputados estarão à venda?
Bet Company e outros fantasmas
A ferir os cofres da Fazenda

Denit foi às compras?
Veja as laranjas do Tesouro Nacional

ATEU POETA
17:57
24/05/2012

domingo, 20 de maio de 2012

Domingo do humor herege–Pentelhos de Cristo

Bom gente fiz esse anuncio só pra encher o saco mesmo e quem sabe ganhar algum(da mente desses crentaiadas dá para se esperar que acredite em tudo que venha de Cristo)

pentelhos Ipentelhos II

Para quem queira conferir o anuncio na página ele está aqui:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-238797867-pentelhos-de-cristo-_JM

domingo, 6 de maio de 2012

JOÃO MALHEIROS DÁ 193 MIL DA CULTURA PARA ASSEMBLÉIA DE DEUS




(À esquerda Malheiros, ao centro Daltro e à direita Notelo)

O deputado e secretário de cultura do Mato GrossoJOÃO MALHEIROS retirou 193 mil dos cofres públicos que deveriam ir para empreendimentos da Secretaria de Cultura de Mato Grosso e deu para uma festa de centenário da Assembléia de Deus.

ATEU POETA

Leia mais:

Domingo do humor herege–Este carro pertence a Jesus?

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Sexta das gatas ateias–Monica Bellucci

monica_bellucci_042_jpMônica Bellucci é uma modelo, atriz, ateia que nos anos 1980, Bellucci abandonou os estudos de Direito na Universidade de Perúgia para seguir a carreira de modelo e a carreira cinematográfica internacional.
Em 1988 mudou-se para Milão, um dos grandes centros mundiais da moda, passando a fazer parte do elenco internacional da agência Elite Models e trabalhando para grandes estilistas como Dolce & Gabbana, além de posar para fotografias de moda em Paris e Nova Iorque em algumas das maiores revistas do ramo, como Elle e GQ, o que a levou a conseguir destaque internacional na profissão; nesta época, Monica fez a transição para o cinema, dedicando-se os estudos de interpretação.
Fluente em italiano, inglês e francês, o que lhe possibilita trabalhar em filmes nas três línguas e em países diversos, começou no cinema em meados dos anos 90, conseguindo chamar a atenção da indústria ao participar num pequeno papel do seu primeiro filme em língua inglesa, Drácula de Bram Stoker, dirigido por Francis Ford Coppola em 1992, e fazendo uma série de filmes em francês, com seu marido, também ator, Vincent Cassel.
Com o sucesso mundial do filme italiano Malèna, de Giuseppe Tornatore, Monica teve as portas de Hollywood abertas, filmando com Bruce Willis e participando de dois filmes da série Matrix, Reloaded e Revolutions, como Perséfone, seguido de seu papel como Maria Madalena no polêmico sucesso de bilheteria de Mel Gibson, A Paixão de Cristo.
Considerada a mulher mais sexy do mundo em 2004 (já com quarenta anos de idade) pelos leitores da revista masculina Maxim’s, Bellucci escandalizou o público do Festival de Cannes em 2002, ao participar de uma das cenas mais violentas e realistas de um estupro no cinema, no filme francês Irreversível, do argentino Gaspar Noé, também atuando ao lado de seu marido Cassel, com quem tem duas filhas Deva e Léonie. Suas fotos nuas para grandes revistas como Vanity Fair, (para quem posou grávida em 2004 enfurecendo o Vaticano) Maxim’s, Gentlemen’s Quartely entre outras e seus ensaios fotográficos com grandes fotógrafos como o alemão Helmut Newton, a transformaram no grande símbolo sexual italiano da atualidade e aumentou sua legião de fãs em fansites da Internet.
De uma beleza versátil, Monica Bellucci também fez sucesso com o público infantil e adolescente ao personificar a rainha egípcia Cleópatra no filme francês Asterix e Obelix: Missão Cleópatra, baseado nos quadrinhos dos heróis gauleses, um dos maiores sucessos de bilheteria da história do cinema na França.
Também deu a sua voz à personagem ficticia Kaileena (Prince of Persia Warrior Within), da trilogia Prince of Persia.

Agora confiram as imagens de mais uma gata que não acredita em deus algum(embora particularmente ache ela uma “deusa”)

3ZKXJH~1600full-monica-bellucci21955_~183985AYNQYZ9CA1QANZ1CAZGPNX0CAOSTVPWCAL5FEV3CALYLMSKCAEKAT62CA7ABWG7CAZ5UV2KCAMXWQ1NCAK8SMMWCA3NY2A7CAYCU5KNCAO2JGK2CA04PGYQCAZE4L15CAHXV23UCA0TJDSSCAQXS1YGbettina_rheims_112_jpesq-01-monica-bellucci-hot-110910-lgJÁMB (2)monica_belluccimonica_bellucci_11monica_bellucci_042_jpmonica_bellucci_054_jpmonica_bellucci_073_jpMonica_Bellucci_78monica_bellucci_imageMonica_Bellucci-1monica_bellucci_101-1024MONICA~2MONICA~3monica-bellucci (1)Monica-Bellucci (2)monica-bellucci (3)monica-belluccimonica-bellucci1monica-bellucci-03Monica-Bellucci-47monica-bellucci-cartier7amonica-bellucci-dior-handbags-adsMonica-Bellucci-monica-bellucci-475896_1024_768Monica-Bellucci-monica-bellucci-15969626-1600-1200monica-bellucci-picture-3Monica-Bellucci-Pictures-HD-5monica-bellucci-pictures-latest-4monica-bellucci-wallpapers-2010-5monica-beluccimoniquitamonica-bellucci-rankintumblr_ktftq4xEBZ1qarfsvo1_500